A ESCOLA E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INOVADORAS

  • Anna Helena Altenfelder
Palavras-chave: 1. Juventudes e Educação 2. Ensino Médio 3. Inovação educacional 4. Participação Juvenil 5. Estado de Minas Gerais

Resumo

De que forma as grandes e rápidas transformações do mundo contemporâneo afetam a escola? É possível identificar mudanças nas práticas pedagógicas ao longo do tempo? Como diferenciar inovações de modismos? Qual é a função social da escola hoje? Qual escola queremos? Qual a escola que os jovens querem? São muitas as indagações a fazer quando pensamos na questão das práticas pedagógicas inovadoras. Sem pretender esgotar o tema, este artigo retoma as contribuições recentes de alguns autores sobre o tema, para, em seguida, trazer para o debate as vozes de seis jovens, alunos do Ensino Médio da rede estadual de Minas Gerais que participaram de oficinas de experimentação em diversas modalidades e linguagens. A análise das falas dos jovens nos permite chegar a três categorias de inovação reconhecidas por esses sujeitos. Elas apontam que, mesmo em uma época de avanços e progressos tecnológicos, as relações ainda ocupam papel fundamental nas práticas educativas.

Publicado
2019-01-14